Blog

Formas de ajudar os filhos nas situações de ansiedade

Por 2 de setembro de 2020 Sem comentários

A ansiedade é um dos males do mundo atual. Um mundo onde as coisas acontecem de forma cada vez mais rápida, com cobranças de agilidade e resultados e com aumento cada vez maior do estresse, faz com que as pessoas se cobrem mais e vivam de maneira ansiosa.
As crianças de hoje também são mais ansiosas. Quando o medo ultrapassa o medo “normal”, que toda criança tem e dificulta a realização de tarefas simples, pode ser sinal de ansiedade.

Como os pais podem ajudar os filhos quanto à ansiedade?

– Ser parceiro. As crianças não são preparadas para lidar com a questão da ansiedade. Elas precisam, neste momento, receber a ajuda dos seus protetores. Os pais são os agentes do Senhor para cuidar dos filhos. Portanto, na crise de ansiedade das crianças, os pais têm de agir como parceiros e cuidadores.

– Orar pelos filhos. As crianças precisam dos nossos cuidados, e nós e eles precisamos dos cuidados do Senhor. Orar pelas dificuldades dos filhos e por todo o seu desenvolvimento é função dos pais.

– Ensinar os filhos a orar. Jesus falou sobre os lírios do campo e os passarinhos e que o cuidado de Deus sobre nós é muito maior. A oração, a entrega nos braços do Senhor e a nossa fé são elementos essenciais para ajudar as crianças no momento da ansiedade.

– Considere um apoio profissional. Se a ansiedade do seu filho está fugindo ao controle, é bom considerar o problema dele com o pediatra, que poderá ajudar no caso de um encaminhamento para um profissional específico.

– Converse na escola. Os pedagogos e os professores precisam saber sobre as dificuldades do seu filho no sentido de ajudá-lo.

– Observe se você não é a causa. Reflita ou, se necessário, pergunte ao alguém próximo, se você não é a causa da ansiedade do seu filho. Muitos pais projetam para os filhos aquilo que eles gostariam de ser: um jogador de futebol, uma modelo ou o melhor aluno. Deixe o seu filho ser ele mesmo. Isso não significa que ele não deve ser um bom aluno ou ser bom naquilo que ele gosta de fazer. Ele até deve ser cobrado por isso, mas dentro dos seus próprios limites e não da ansiedade dos pais.

 

Referência
3 Ways to Help your Child With Anxiety and Stress.
Disponível em: http://www.libertychristianschoolmd.com/blog.

Colégio Batista

Autor Colégio Batista

Mais posts de Colégio Batista
Abrir Conversa!
Podemos ajudar ?